Consumir Local, repensar a comunidade em torno do Mercado Municipal de Silves

Autores: Alexandra Cristina Inácio dos Santos e Joana Lessa (Universidade do Algarve)

Resumo:

O projecto em design de comunicação, Consumir Local – em desenvolvimento no Mestrado em Design de Comunicação para o Turismo e Cultura da Universidade do Algarve – no âmbito do design cooperativo e da inovação social, consiste num conjunto de acções de sensibilização para o consumo de produtos alimentares de produção local. Incide no espaço do Mercado Municipal de Silves e na sua articulação com a comunidade local, valorizando os recursos endógenos que são uma herança agrária e gastronómica de tradição ancestral. As dinâmicas do projecto centram-se na produção alimentar local, enquanto património imaterial desta região e nos seus benefícios para os consumidores, explorando a valorização do espaço do Mercado Municipal de Silves e dos produtos aí comercializados.

A Comunidade é um dos pilares da cultura mediterrânica, o respeito pelos vizinhos e pela família, significa o desenvolvimento de relações de confiança que representam entreajuda e a confiança. Actualmente a origem dos alimentos que consumimos é pouco transparente. Perdemos o elo de confiança por não nos preocuparmos como consumimos. Nos mercados municipais ainda é possível comprar aos produtores. Este modelo de comércio com pouco intermediários é mais próximo das comunidades e do seu meio.

Os mercados de produtores enquanto repositórios da biodiversidade agrícola, e muitas vezes sustento económico são museus vivos da cultura e representam o gosto local. Nestes ainda é possível adquirir directamente aos produtores, num modelo de comércio mais próximo das comunidades.

O papel do design no território será de dinamizar recursos e valorizar o património cultural imaterial. Na temática abordada, o design encontra um espaço de intervenção para chamar a atenção sobre a origem do que se consome e sua importância: na saúde, economia, sociedade, ambiente, cultura e turismo.
A existência de uma estrutura humana, social, económica e comercial coesa, que valorize a tradição dos produtos alimentares de produção local e a tradição gastronómica do lugar, será contributo para a criação de estruturas sociais que apoiem a perpetuação do espaço do Mercado.

Consumir Local

Consumir Local pdf